29 de dez de 2012

" O amor é assim, é a paz de Deus em sua casa.
  O amor é assim, é a paz de Deus que nunca acaba."
                                                         Charlie Brow Jr.

É tão simples, tão fácil... e eu acho que é isso que Deus quer. E ainda tem gente querendo que o mundo melhore, que pede paz ao mundo, mas se esquece de começar alí, naqueles poucos metros quadrado, na sua casa. O lugar que a paz deve sempre começar.

19 de dez de 2012

" Ai que cabelo reto, credo! Quero dar uma repicada, mas não quero pagar 15 pilas só para um tico de cabelo..."

- Pai, dá uma repicada no meu cabelo?
- Amanhã eu vejo isso.

" Fogo na caçarola, não vou conseguir esperar até amanhã..."

"Quer saber farei eu mesma, pq o"gostoso é FAZERRRR" hahaha (alguém assistia esse programa de culinária ou era só eu??)

5 minutos depois desfilo um cabelo digamos...errrr....desconectado!




17 de dez de 2012

ninguém nos avisou.

Ninguém diz para você o que acontece depois de assistir um filme que fala sobre o amor. Não, não é sobre mocinho encontra mocinha e zzzzzz.....! Esse filme fala de uma relação de verdade. Sobre aquele amor que quase te faz subir ao altar com uma pessoa e imaginar a outra lá no fundo da igreja pronta para dizer: "sim, eu tenho algo contra". Aquela coisa de ver o brilho no olho do embabascado que não consegue se imaginar longe de seu amor e como se quisesse dizer isso, não consegue tirar as mãos de seu amor.... Também é sobre aquela conversa sem máscaras ou assuntos proibidos que te tira um camelo de suas costas e, é claro, ele está alí presente de corpo, alma e pêlos do corpo inteiro envolvido em cada  movimento da boca e dos olhos dela. Claro, também tem aquela sensação que não está no ar, porque é obvia demais, de que ele faria tudo para simplesmente ter mais alguns minutos com ela. Ele pode ter outra esperando por ele, pode ter um voo, pode ter o aniversário da sua vovôzinha de 107 anos, mas ele, por Deus, precisa escutar mais uma música ao lado dela. E claro, a relação deles já passou do carnal, é uma questão de encontro mesmo sabe. De urgência. A urgência que só aqueles que já tiveram um amor em letras garrafais sabem que isso justifica tudo. Aquele amor que nada justifica e você não pode viver sem. Aquele que a única dúvida que deixa na sua cabeça é: por que eu não larguei tudo naquele fatídico dia e vim te dizer tudo isso?

6 de dez de 2012

E então eu percebo que estou com saudade da Malu -Maluca. Sim, a doidinha da novela Mulheres de Areia - a minha novela preferida. E aí eu lembro que a minha filha deve ter esse nome. Já pensou que lindo eu gritando : Malu cê tá Maluca? Volta já aqui!/
Aí eu lembro que uma pessoa sempre deve ter um nome que seja também o nome de uma música. E, convenhamos, não há ninguém melhor em fazer músicas bonitas com nome de mulheres que Chico Buarque. Então, comecei a saga e estou aqui escutando Chico Buarque.

Tudo isso só porque estou triste, senão estaria escutando Latino e o nome escolhido para a minha filhinha seria Renata - Ingrata.
O mais incrível é que minutos antes eu estava assistindo aquela série de zumbis. E chorando por outro motivo (não por conta dos zumbis, por favor né).

A mente humana é um mistério para mim. 

5 de dez de 2012

Assustada que estou por estar em um mundo de pessoas não comedoras de carne, me peguei arrancando da mão da minha vó uma lata de sardinha em que a palavra SOJA estava escrita. 
- Credo vó, essa sardinha é de soja. Não leva isso não!

P.S.1: Somente o óleo era de soja. Ufa!
P.S.2.: Como poderia existir uma sardinha de soja, Cristiane?