23 de dez de 2011

“E, por último (agora, sim, encerrando), risque do seu Aurélio a palavra perfeição. O dicionário das mulheres interessantes inclui fragilidades, inseguranças, limites. Pare de brigar com você mesma para ser a mãe perfeita, a dona de casa impecável, a profissional que sabe tudo, a esposa nota mil. Acima de tudo, elimine de sua vida o desgaste que é tentar ter coxas sem celulite, rosto sem rugas, cabelos que não arrepiam, bumbum que encara qualquer biquíni. Mulheres reais são mulheres imperfeitas. E mulheres que se aceitam como imperfeitas são mulheres livres. Viver não é (e nunca foi) fácil, mas, quando se elimina o excesso de peso da bagagem (e a busca da perfeição pesa toneladas), a tão sonhada felicidade fica muito mais possível.”
(Leila Ferreira)

19 de dez de 2011

Coisas sobre mim.

Não sou de escancarar a minha vida, fracassos, vitórias, casos e afins. Mas, quero ser. Dane -se. Quero falar tudo, pra quem eu quiser e como eu quiser.
Não tenho uma vida perfeita. Não espero nada de uma pessoa até que não a conheça muito bem. Mas, depois vou ter sempre uma expectativa perante ela... e, caso eu me decepcione: Ferrou. Caso eu me surpreenda: Conte comigo para sempre.
Tenho 23 anos e já tive sonhos desfeitos, choros de novela (aqueles que a gente bate a porta e vai escorregando o corpo até cair ajoelhada), já me peguei rezando no meio da rua para uma pessoa qualquer...ao perceber que o problema dela era bem pior que o meu. E fiquei com vergonha de mim.
Sou 8 ou 80. Se eu digo que não é não. Posso até mudar de idéia, mas demora tá. Faz parte.
Não tolero passividade e indiferença. Você podia ter feito alguma coisa e calou? Me sinto péssima quando percebo isso em mim.
Você não vai ouvir de mim: "Olha que roupa mais cafona dessa menina" e " Essa é puta". Acho que esse é um dos meus erros, ou sei lá...não compartilho esse tipo de informação. Caramba, tenho miopia e sou deveras distraída...mal consigo ver se eu não pisei na merda, quem me dera ver o modelito dos outros. E, esse tipo de papo me cansa. Eu nunca vou conseguir acompanhar esse tipo de prosa....quando vem o segundo comentário sobre alguém, eu ainda estarei tentando identificar a primeira coisa que a pessoa mencionou. É quase assim: Se eu estiver conversando com você, pode ficar sem as bermudas, eu não notarei....desde que esteja de camisetas, Ok?!
Me perco com facilidade. Mas, me garanto na simpatia com os transeuntes e comerciários da região onde preciso chegar. E chego lá !
Existe vezes que alguém tem alguma atitude bacana e eu quero dar o mundo pra ela. Me apaixono fácil. Tem vezes que a pessoa age de um jeito comigo que tudo que eu quero é distância. E, sempre falarei pra você se foi um ou outro.
Não sou falsa, separo emoções em momentos que quero manter-me superior... ajo como se não estivesse ligando...mas, depois que o showzinho acaba eu desabo. Agora quando estou entre pessoas minhas, esqueço o ar de superior e falo na lata: Me magoou pra caramba!
Quando quero saber se alguma vai ou não acontecer, dou uma perguntadinha pra crianças: E aí, o que tu acha??
Não acho que alguém mereça ter que carregar uma carroça catando papelão e chorar no colo da mãe sentadinho na calçada pedindo dinheiro. Mundo cão.
Acho que certas pessoas têm tudo e não dão valor, sabe? Deixam o seu mundo cair por tão pouco. Confesso que tenho esses momentos também, mas sempre levo um tapa de realidade e acordo pra vida.
Já joguei tudo pro alto. Já joguei no lixo uma "boa chance" na minha vida. Mas, se tu me perguntar se eu faria tudo de novo, a minha resposta é SIM. Sabe quando a gente pode dormir e acordar 60 dias seguidos e continuar não se vendo alí onde você está? Então.
Já agi pela razão e pela emoção. Sempre me dei mal quando fui somente pela razão. Sabe o que é? É que dessa vez eu me esqueci que é pelo coração que Deus fala comigo e não pela minha massa cefálica. Aí ó, foi triste e foi feio. Tô aqui lutando pra reverter a coisa.
Não admito metades, comodidades, '' é o que temos pra hoje'' e vai que...
Decidi que este post vai ser sempre atualizado. Assim que eu descobrir mais coisas sobre mim (neste contexto), eu volto aqui.

16 de dez de 2011

Você já me viu séria, já meu viu de porre, me vi fazendo drama. Mas triste, isso eu nunca quis que você visse. Mas nada vai fazer com que eu desista. Nada é pra sempre, eu sei que sou capaz. A vida não é isso, ela é muito mais. Só tenho que dormir de novo, pra sonhar de novo.
Faça isso, faça aquilo, perca peso, tenha estilo, compre esse, prove aquele, siga a moda... Eu não vou fazer o que todos fazem, eu vou fazer o que eu quiser, o que eu conviver bem.
De noite é tudo muito pior... mas a vida não é somente de altos, com os baixos também trabalhamos...não é diferente pra ninguém. E, eu ainda sinto que nada é tempo perdido. Nada.
Quando a gente menos esperar eu vou poder dizer que sobrevivi. Passou. Vai ficar tudo bem. A terra continua a girar. Dias ruins virão também ... e o céu não vai desabar!
P.S.: Quem me dera essas frases fossem todas minhas ... Bah, são versos soltos de músicas principalmente do Capital Inicial e algumas palavras minhas. Esses versos sempre parecem fazer sentido para mim.

10 de dez de 2011

Eu não me lembro da última vez em que foi fácil.

1 de dez de 2011

Daí que nos meus momentos de ócio eu vejo Mulheres de Areia! Sim, vejo a reprise quando dá e se perco, vejo no youtube!

Não sei, mas essa é tipo a minha novela preferida. Me divirto com o Tonho da Lua e a Malu - Maluca. (é grave isso gente, eu rio sozinha com essa novela!!!)

Tem como não amar aquela fofura do Da Lua falando : A.. A Rutinha é boa, a Raquel é Má! Há! ?????