23 de nov de 2011

Pra variar.

Depois de tanto bater a cabeça, eu decidi que não quero mais ficar reclamando a todo o momento e tentando entender o por que de eu ter feito aquilo e não isso. Eu hoje quero agradecer. Agradecer justamente por ter feito aquilo e não isso. Com certeza, tem uma razão pra tudo isso. 
Hoje, eu vou agradecer tudo: vida, família, irmã (eu sou tão louca que coloco a minha irmã fora da classe família), aquele garoto que eu tanto amo, amigos, minha personalidade, meu jeito de ser, meu corpo (que me carrega o dia inteiroo), as músicas que escutei e que ainda vou escutar, os lugares que já fui e que ainda irei, os filmes (nossa ainda tem tantos pra assistir), os shows da minha vida, a criancinha que não morreu, os cachorros que me fazem fazer cara de boba a todo o momento, os meus primos que tanto me odeiam quando eu coloco o cabelo deles para trás da orelha, o meu emprego, tudo que eu estudei e que ainda vou estudar, as novas línguas que estou aprendendo..., minha saúde.
Bom, é isso...chegou a hora de parar de pedir e agradecer um pouco.

Tks, Deus!

3 comentários:

Outra Errante disse...

Legal, acho q a todo mundo está precisando ser mais grato msmo, a gente tá muito mal acostumado, não damos importância muitas vezes pro tantão que temos. :)

C. disse...

sim, sim...é da gente só ver as coisas ruins...mas, faz tão bem as coisas boas! Bjas

Casa de Mãe joana disse...

Cris, cada vez vc escreve melhor.
Está praticamente uma Adalgiza Neves