29 de ago de 2011

Não é sempre que alguém faz um texto inteirinho para você.



http://kasademaejoana.blogspot.com/2011/08/la-se-vao-as-cristianices.html


Viu? E não é sempre que se encontra um amigo de verdade neste mundo tão cheio de sí.

coração/felicidade/histórias

Ela me perguntou se era certo se sentir "pisando em ovos" a maior parte do tempo. Eu disse a ela que no começo é normal...mimimi...aí ela vem e me diz: "mas e quando esse começo já ficou para trás há um boom tempo??". E, eu fiquei sem saber o que dizer. 

Ela liga, tenta puxar assunto e ele está lacônico. Diz que está cansado. Ela espera compreensão (ela está passando por mudanças - de emprego, de pensamento - precisa conversar). Ela tenta ser ela mesma, mas sempre acaba sendo repreendida. É apenas o jeitinho dela.

Ela vê um texto fofo na internet e cruza os dedos para que o seu amor fique assim também. Ela quer cuidados, atenção, quer falar de outros assuntos que não seja negócios, dinheiro e sexo. Ela quer falar deles. Ela quer sentir paz no silêncio, quietude no coração e aquele quentinho no peito que só quem ama sabe o que é.

No fundo, no fundo, ela é só uma menina buscando um jeito pra viver que lhe gere expectativas de ver o amor crescer. Ela quer acreditar no amor. Ela quer mostrar o seu amor. Ela sabe que ama um tantão assim e quer se sentir assim também. Ela ama demais todinho ele. Até os seus defeitos. Por que no fundo, no fundo, ela sabe que ele não seria ele sem os tais defeitos. 

Todos falam que ela sonha demais. Mas, ela sabe que tem muito pra dar e por isso sente tanta coisa entalada na sua garganta e no seu coração. Ela precisa ter a oportunidade de se doar por completo. Sem restrições.

Ela é apenas uma menina com seus hormônios a mil...Ela é apenas uma menina na TPM.

Tentei explicar isso a ela. Assim, deste meu jeito confuso e sincero demais.

Ela se justifica dizendo que enquanto seu coração pedir o coração dele, ela não irá desistir. Achei digno. Achei justo. Achei lindo.

"Eu tinha tudo que eu sempre quis, mas nada do que eu preciso de verdade (…) Eu não tenho nenhum plano depois e isso é novo pra mim. Lá vai a minha proposta… Eu proponho não fazermos planos; Eu proponho darmos uma chance para nós e deixar todo o resto acontecer. O que você acha? Quer não fazer planos comigo?"