29 de jun de 2011

Aprendendo com Rocky Balboa


Depois que o B. me mostrou um trecho de um dos filmes do Rocky, tenho assistido aos filmes sem parar. Nunca vi personagem tão apaixonante e tão gente ao mesmo tempo. Afinal, Rocky não precisa de quase nada para ser feliz: Ele só precisa de um objetivo na vida, de sua Adrian do lado e de olhos de tigre para enfrentar os obstáculos. É isso que ele é e precisa.

Seu personagem encanta a todos quando diz (repetidamente) à Adrian que não importa o que eles possuem (ele cita a casa, o carros), o que importa é eles sentirem -se realizados e terem um ao outro...
Gente, ele tem até um "uniforme"! Sabe aquela coisa "gostei desta roupa, VOU USAR SÓ ESSA"? Essa coisa infantil mesmo, que a gente bem que gostaria de fazer, mas tem vergonhinha dos outros? Pois é. Rocky não tem e é assim. Lindo com seu uniforme! Há!

Enfim, entre muito sangue, muitos conselhos pra vida e muita pancadaria...posso dizer que me apaixonei por Rocky Balboa. Assisti ao 4º filme de um total de seis e já começo a ficar triste só de pensar na possibilidade de Rocky acabar (Ahhhh)
Precisamos de mais "Rocky´s" neste mundo: gente que precisa de menos e é mais.

22 de jun de 2011

Saudades de mim.

Quem pensa que se conhece e é 100% verdadeiro com tudo o que pensa e sente só pode estar mentindo. Afinal, tem certos momentos que tudo o que eu penso é: não devia ser assim, não era para ter falado assim...e por aí vaí. Só sei que eu ando com uma saudade imensa de viver sem medo de ser feliz... com tudo o que eu tiver direito. Aquela vontade que não tem nada no mundo que te segure, aquela vontade que te faz esquecer de coisas que antes pareciam tão vitais para você. Aquela sensação de parecer estar fora do corpo. Aquela sensacão que te faz quebrar todas as promessas antes feitas: até aqueles acordos bobos que você tinha feito consigo mesmo. Aquela coisa com um Q de pecado. Ando com a mente tão aberta que tomo frases de livros, músicas para minha vida, como sendo o encaixe perfeito com o momento que vivo. E, uma coisa eu sei: não há de existir pecado nem culpa em uma vida bem vivida...há de existir apenas vida, com todos os seus erros e acertos. Mas, todos dizem o contrário:  isso é vergonhoso, vc deveria pensar assim, isso coisa boa não há de ser...e eu fico perdida e travada. Mas, Deus não é esse carrasco que pintam...e me deu esse tempo (tão pequeno, convenhamos) na terra par ser feliz, experimentar, fazer o bem e ser FELIZ. A culpa (não falo somente na culpa católica, mas também naquela que nos faz estar no presente querendo estar no futuro, com medo de estar perdendo TEMPO, aquela culpa que faz com que vivamos atrelados a pequenas convenções não seguidas (até então) de coração)...não há de ser coisa de Deus.

Tudo isso para dizer que amanhã é feriado e eu estou aqui com um papelzinho na mão de coisas que gostaria de fazer neste dia...e acabei de constatar que: Caraca, não vai dar!!!

15 de jun de 2011

Para o meu futuro.

Para você querido(a), eu tenho que dizer que o mundo é um tanto quanto bagunçado. As pessoas dizem o que não querem e escondem o que querem dizer. Tenho de confessar que a gente conforme vai crescendo, começa a fazer milhares de planos. Começamos com uma bicicleta e no meinho da juventude, desejamos conquistar o nosso primeiro milhão. É, realmente, está um caos. Eu também me perguntei: "Um milhão antes dos 30? E tempo para namorar? Para tomar um banho de cachoeira e assistir todos os filmes daquele livro velho que li? Em qual hora do dia eu sentarei ao lado do vovô para escutar suas histórias?" Mas, fica tranquilo, não se assuste, a gente também aprende duas palavras: amor e escolha. Não terá jeito filho, você terá que escolher ficar com quem, com o quê você ama. E eu já te adianto: Tenha cuidado com essa fase, pois a partir dela, você saberá o que fazer com muitas outras dúvidas da tua vida. Mamãe também já passou (está passando) por isso. Escolher caminhos é um saco, mas eu já cheguei nessa fase. E, de verdade: busque aquilo que você ama como se aquilo fosse o ar dos teus pulmões. E, tudo o que desejar de bom na tua vida virá junto. Quando eu digo amor, eu falo dele em relação a tudo na tua vida: o que brincar, o que falar, em quem confiar, em quem acreditar, para quem pedir conselhos, com quem namorar, em quem sentar no colo para simplesmente agarrar o seu pescoço e dizer "Te amo".Falando em namorar, eu já vou te adiantando: você  irá conhecer muitas pessoas, vai ficar confusa, vai achar que achou a pessoa, vai achar que estava errada, mas vai estar certa somente quando após toda confusão, toda bagunça interna, você ainda quiser voltar para esta pessoa. Sim, depois dos seus pais, a pessoa amada deve ser um ponto de repouso, sabe aquela sensação " de volta para casa". Exato. Esta sensação querido(a) é uma das melhores e maiores coisas que você deve buscar em um relacionamento.

E quanto ao mundo, nunca acredite que você não faz parte dele, pois você faz sim. E deverá fazer o melhor para fazer dele um lugar melhor para se viver. E ponto. Nada de falar DANE-SE hein. Eu quero que você entenda desde já, que se o mundo ainda não é perfeito é sinal de que ainda temos muito trabalho pela frente...e você como homem / mulher que será, deverá agir com prudência em tudo o que fizer. Não, não quero tirar a diversão da tua vida, mas prudência é essencial. Haverá horas de diversão, de risada, de coisas insanas, de tentativas, de loucura, mas quero que nunca se esqueça da prudência. Sim, este sentimento que nos avisa de que algo não acabará bem antes mesmo de começar, nunca nos engana. Onde estiver, zele pela tua vida e daqueles que você ama ou que estão a sua volta. Nunca se aproveite de pessoas ou situações com o objetivo de se sair bem. Não será necessário passar por cima de ninguém para conseguir o que quiser. Acredite: o que você não tiver (ainda) é por que talvez você não esteja preparado para receber tal coisa. E, tirando isso: se divirta. Brinque, sorria, beba (com moderação) e uma vez ou outra sem moderação. Ah, fala a verdade: não fará mal a ninguém comprar aquela roupa caraaaa num acesso de fúria. Tá perdoado desde já. Acontece com todos nós. Menos com a mamãe....mimimi.

Ah, deixa eu te falar (apesar que a esta altura você já deve saber): Mamãe não é perfeita. Não. Eu errei, erro e errarei muito ainda. Com você, com o papai e comigo. Mas, saiba que estou tentando acertar tá. E, por favor me acorde para a vida quando eu começar a ficar ranzinza ou querer cortar todos os "baratos" da tua vida. Eu sei que por mais que eu queira te proteger, na maioria das vezes você que terá de colocar o dedo na tomada para descobrir que sim, queima e dói!

Antes que eu me esqueça (mas não menos importante), o papai ... sim, este com quem escolhi ter você... ele é a cabeça desta relação... a mamãe pensa, pensa, pensa e ele me chama novamente para a realidade. Você já deve ter percebido. Ele, antes de ser meu amor, é meu amigo...e a partir de agora, eu divido ele com você...todo o seu amor, suas palavras, sua dedicação e sua presença. Eu divido com você. Assim como ele também está me dividindo com você. Quero dizer uma coisa: se você ver certas cenas no nosso quarto(ah deixa eu falar vai...a esta altura você já sabe de tudoo)...saiba que não, não é briga. É amor. A gente precisa ter um tempinho para namorar né...e trazer a tona todo aquele amor que fez com que você viesse para a nossa família. E não, não tem nada de indecente eu conversar sobre isso com você. Não tem nada de errado amor e sexo...desde que as duas palavras estejam juntas. Caso contrário, aí sim eu te digo...você poderá ter alguns problemas. Agora, se for sexo e amor...com certeza só virá coisa boa...assim...tipo você. E eu sei que você saberá identificar o que é só sexo do que é amor. Ah eu sei.

Vem cá, só mais uma coisa...sabe quando tudo  parece confuso. Sabe quando nem a gente se entende? Então, reze. Sim, por mais que todos digam que as respostas estão sempre em você e que não precisa de ninguém? Mentira. As respostas podem até estar com você, mas a confusão é tanta que a gente nem vê...então... fale com Deus. Tenha fé. Dedique um tempo para Deus. Não apenas quando precisar. Fale com ele sempre.Encontre um horário na tua agenda para estar com Ele. E, aquela história de "tudo o mais vos será acrescentado"....é pura verdade. Confie em Deus. Confie em você também.

Filho(a), já falei demais né...não se preocupe em entender tudo de uma vez só. Um passo de cada vez.Fale comigo sobre qualquer coisa que quiser (acredite, eu posso ter pensado ou feito coisa mais feia ainda kkk) E, resumindo: eu desejo que você tenha a "cuca" legal e o coração trabalhando para o bem. É isso.

Uma beija, com amor...
Mamãe Cristiane!

10 de jun de 2011


Hoje é sexta. E sextas são sextas. Incrivelmente lindas, sexy. Eu me sinto assim e vejo todo o mundo assim também (opa, nem todo o mundo)...E, a gente pode levar esporro do chefe, pode ter se descabelado no trem, pode estar de tpm, pode ter chorado no banheiro do serviço, mas falar 5 minutos com o B muda tudo...e às 18h00 eu volto a ser EU... Então, nada como uma música para inspirar um pouquinho né!
Tem pessoas que sentem prazer em fazer os outros se sentirem um lixo. No momento, eu já sei o que eu vou fazer em relação a isso. Mas, para você que ama pisar nos outros e demonstrar o seu “poder” eu digo: Eu não sou da sua laia, eu sinto prazer em ver os outros bem.

8 de jun de 2011

Pra quem curte Jazz...como eu:

Festival de Jazz!

Espetáculos no parque e na platéia externa do Auditório Ibirapuera – Entrada Franca:
Domingo, 12 de junho


10h – Funk Off Brass Band Parade
17h30m - Sharon Jones & The Dap-Kings
19h – Cinema ao ar livre BMW: apresentação do filme ‘Jazz on a Summer’s Day’
Filme de Bert Stern, com co-direção de Aram Avakian
Duração: 84min
Ano de lançamento: 1960

Como em todo grande festival, alguns shows são de entrada franca, porém terão vários outros (pagos) que iniciam na sexta -feira.

Confira a programação completa do BMW Jazz Festival:

7 de jun de 2011

O peso de uma decisão.

Sempre fui adepta da máxima: se ao imaginar-se tomando uma decisão, você ainda sente-se angustiado, com o coração pesado...ops, tem algo errado aí. Mas, se sentir-se leve e em paz...decisão correta. E, assim fiz. E que Deus nos proteja!

6 de jun de 2011

"Vamos rasgar os planos, apagar os projetos de futuro, soltar os ombros, respirar fundo e começar do zero. Sem esperar nada. Sem expectativas, sem historinha bonitinha, sem diminutivos, sem intensidades, sem nada. Apenas com a coragem, um pouco de egoísmo e algum individualismo para fazer companhia. Vou me esforçar, prometo."

É isso aí que eu quero fazer.


A vida anda dando tantas voltas, mas tantas voltas ... que eu estou cada vez mais certa de que o caminho é esse: não ter medo de recomeçar. Não ter medo de (se preciso) dar 01 passo atrás, na intenção de conseguir dar 10 passos  a frente. E sinceramente: eu não quero me importar com o que todos irão pensar a meu respeito. Eu andei ouvindo boas verdades. E são elas que têm me impulsionado.


Não posso me adiar. É gente, e eu (tãoo inocente) pensava que somente compromissos eram passíveis de adiamento.


No momento, a única coisa que eu não pretendo adiar tem nome. E essa “coisa” sou eu.

3 de jun de 2011

Sou toda errada: Quando eu estou com um problema, eu trato logo de inventar um outro... tudo na intenção de esquecer o problema anterior. Aí no fim das contas, eu fico com 2 problemas. Tem um nome na psicologia que explica isso: é a chamada fase de negação. Tenho que ver isso aí! :)