16 de set de 2010

Meu vô.

Hoje, voltando para casa mais cedo, minha mãe me disse que meu avô está com câncer. Meu vô de verdade. Aquele que diz i love you toda vez que se despede de mim. Só conseguia lembrar disso enquanto minha mãe contava detalhes, tratamentos. Não conseguia prestar atenção em nenhuma palavra que ela me dizia. Sensação absurda. Notícia doída que te transporta para todos os lugares que você nunca imaginou estar. Nunca queria estar. Todos os antigos problemas perderam a importância. E doeu ver a minha mãe se fazendo de forte. Só para nos proteger, como sempre.
Estamos com você vovô. E não é nenhuma doença que vai nos afastar. Deus está sempre com o senhor e não é agora que isso irá mudar.

Nenhum comentário: