27 de ago de 2010

"Te vejo perdendo-se todos os dias (...) onde não estou. Tenho medo de, dia após dia, cada vez mais não estar no que você vê."

Nenhum comentário: