11 de fev de 2010

Quanto tempo dura um ano?










Há mais ou menos um ano atrás eu estava te reencontrando. Com milhares de dúvidas: devo ir ou não? Como será que ele está??? Pensei em não tentar. Pensei em tentar.
Mas, você chegou em uma fase que eu estava querendo me conhecer melhor e literalmente abraçando as coisas que chegavam. Não estava com medo de me decepcionar. Alías, se tem uma coisa que eu não tenho é o medo de me decepcionar com situações e pessoas...Só não quero decepcionar -me comigo mesma. Afinal, tenho por hábito confiar nas pessoas até que me dêem motivos para não mais confiar. Aprendi a querer confiar em você também.
Você só me trouxe coisas boas. Fez com que eu passasse a enxergar tudo sob dois prismas. Aprendi a compartilhar e a ter com quem planejar passeios, o fim de semana ou simplesmente não fazer nada juntos. Aprendi a sentir falta de alguém no meio de um monte de gente.
Aprendi o que é acontecer alguma coisa boa e logo pensar em você para contar.
Vi o que é brigar por coisas bobas, mas sentir aquela vontade de consertar tudo na mesma hora. 
Percebi que amo ouvir sua voz. Seu olhar. Amo Voce.
Sabe, um ano é pouco na vida de uma pessoa, mas quando se está do lado de alguém que faz a gente acreditar que a vida pode ser melhor ainda... a gente quer mais!

P.S.:Te amo meu melhor namorado!!!







Nenhum comentário: