28 de nov de 2009


Use-se para progredir na vida. Alguma coisa você já deve ter aprendido até aqui. Encoste-se na sua própria experiência e intuição, honre sua história de vida, seu currículo, e se ele não for tão atraente, incremente-o. Use sua voz: marque entrevistas. Use sua simpatia: convença os outros. Use seus neurônios: pra todo o resto. E este coração acomodado aí no peito? Use-o, ora bolas. Não fique protegendo-se de frustrações só porque seu grande amor da adolescência não deu certo. Ou porque seu casamento até-que-a-morte-os-separe durou "apenas" 13 anos. Não enviuve de si mesmo, ninguém morreu. Use-se para conseguir uma passagem para a Patagônia, use-se para fazer amigos, use-se para evoluir. Use seus olhos para ler, chorar, reter cenas vistas e vividas – a memória e a emoção vêm muito do olho. Use os ouvidos para escutar boa música, estímulos e o silêncio mais completo. Use as pernas para pedalar, escalar, levantar da cama, ir aonde quiser. Seus dedos para pedir carona, escrever poemas, apontar distâncias. Sua boca pra sorrir, sua barriga para gerar filhos, seus seios para amamentar, seus braços para trabalhar, sua alma para preencher-se, seu cérebro para não morrer em vida.Use-se. Se você não fizer, algum engraçadinho o fará. E você virará assunto de beira de praia.





Martha Medeiros

22 de nov de 2009

Meu príncipe!


Oiaaaaaaaaaaaaa que bomm!
Meu prícipe - Lulina
Não vem em cavalo branco
Não tem muito dinheiro
Mas eu o amo mesmo assim
Meu principe arruma toda a casa
Prepara minha comida
Enquanto eu to no botequim

Meu principe me da multiplos orgasmos
Ai meu principe sao 13 no total
Ele limpa o banheiro
Eu trabalho o dia inteiro (Refrão)
Ele lava a roupa suja
E eu bebo bebo bebo bebo
Ele briga coma s crinaças
E eu toco violão
Ele quer discutir a relação
E eu não...





15 de nov de 2009

24/10/09

Daí que ele me chamou para ver Nando Reis (um dos desejos para esse ano).
Eu fiquei passada, pois nem eu sabia que ia ter show dele...e aquela atitude me encantou!


"Estranho seria se eu não me apaixonasse por você"



Valeu cada minuto. Valeu as dez baldiações, o medo de estar indo para a Bolívia, a sensação de não saber onde se está, valeu não conseguir tomar nem um gole de cerveja dentro do show, valeu sentar com pessoas desconhecidas....valeu tudo!!


O ruivo é tão lindoo!!!

Sei que você nem é fã de Nando. E  por isso me sinto " honrada..rs" de ter você como meu namorado.
Amei. Me senti feliz cada minuto. Gostei de ver o Nandinhoo, mas amei você ter estado lá comigo. Amei você fazer parte de uma lembrança gostosa que sempre vou ter.

"E o que estava longe está aqui
dentro e tão perto
De um jeito tão certo que só cabe mesmo em mim
Beijo e abraço
No tempo que passa
Lento e à jato
"


E  para fechar a noite: fotos na calçada, e....cerveja gelada no posto... hehheehe


P.S.: Era para ser um post dedicado ao Nando, mas não deu.




13 de nov de 2009


Difícil falar sobre paz, quando todos pregam o barulho, para que ninguém escute a si mesmo, não pense, nãreaja, e sim siga a massa. Vivemos lotados de vontades, de "querer", de conseguir, de fazer e acontecer, mas quando eu fico no silêncio por alguns segundos, só comigo, eu vejo o que realmente importa: paz.




É nesse momento que eu fico cara a cara com todas as minhas dúvidas, com todas as minhas certezas, com todas as consequências do que fiz, vivi e com todos os meus sonhos...!
É aí que quando tem algo me incomodando, que sinto a tão conhecida "angústia". Aí sinto aquele aperto no peito que me sinaliza "alerta".... Aí eu preciso de um tempo comigo para descobrir o que é aquela pontadinha...aquela falta!

Já descobri o motivo de várias angústias: medo do que vem pela frente, controle exagerado sobre mim...falta de liberdade, saudade,  receio de perder alguém familiar...pressa de ver os problemas resolvidos, de ver minha irmã feliz de verdade...e por aí vai...! Já outras, eu ainda não descobri . Não faço a mínima idéia. Devo ter alguma inquietação, algo lá no fundo, algo que vez ou outra aponta aqui dentro. Li Clarice uma vez, onde ela comentava dessas inquietudes...algo que é intrínseco a pessoa...que faz com que ela deseje o que ela nem sabe o que.
É às vezes ele demora a passar. Ou não. Sou de momentos... Um abraço apertado pode fazer "ela" passar rapidamente.Ou uma nova vontade dá lugar à ela. Aí eu guardo essa sensação em uma gaveta e mudo foco.

Se eu quero que isso me deixe algum dia? Não saberia responder....por que foi nos momentos em que eu me sentia mais inquieta, foi que eu optei  pelas mudanças, pelo novo, pela chance...Saldo: Alguns negativos, mas outros que fizeram valer a pena todos os outros.



P.S.: Dú....sai dai e vai ler um livro! ehhehhe