1 de out de 2008

Para Você.

Fico pensando como será minha vida lá na frente...onde estarei e com quem estarei... A gente pensa nisso juntos. Não sei se posso confiar totalmente em você. Você nunca foi mencionado em meus textos, mas está treinando há tempos para isso. Virou um vício. Depois da nossa conversa em que eu não pude ser 100% sincera com você, você simplesmente mudou na minha cabeça...no meu coração. Como você disse isso pode ser só um encontro de sintonia, mas pode ser que não. E se não for só sintonia? E se a gente estiver desperdiçando aquilo que por tanto procuramos? Tenho medo de estar depositando em você toda minhas ilusões de "par perfeito", sei que perfeito você não é, mas não sei se você seria aquele ideal para mim e eu para você.
O quê eu tenho que fazer para descobrir? Não, não quero que nós sejamos (como você diz) uma cena do filme "O Casamento do meu Melhor amigo"... Não quero dúvidas. Não quero que você seja como o meu primeiro amor platônico, que eu vi passar por mim mais de 3 vezes em momentos diferentes da minha vida e não fiz nada para ...saber! E em anos sinto a mesma vontade que tinha de falar para ele sobre como me sentia...
Não sei se vai passar, mas é como me sinto agora.Tem alguma coisa diferente. Não sei se é um amor inventado...Tudo são dúvidas. Se você me dizer que em você está tudo certo, tudo bem.Tudo fica como está. Sei que você não é tudo o que diz, mas se você for 30% do que eu sou quando estou com você... E agora escuto a "música" pela 5ª vez e tudo fica mais sensível aqui dentro. Precisamos de uma chance. Precisamos ter a nossa chance. E seja o que Deus quiser. "Eu estou deixando tudo pra trás ... Sem mais esperas"

Nenhum comentário: