5 de fev de 2008

Coisas

"Fui lhe mostrar um disco que eu comprei
De um cantor que eu sempre gostei
Mas você não me deu atenção
Voltarei pra casa pelo mesmo caminho
Escutarei o meu disco sozinha
Dentro do meu quarto na escuridão"


Fiz o que pude(o tanto que meu coração permitia), mas não deu....Não era você!
A gente não consegue iludir ele... Nem quero!
Agora estou bem...não precisava ter deixado tudo tão claro, com essa sensação "leve"....
eu já tinha entendido!

Eu...queria tanto encontrar
Uma pessoa como eu
A quem eu possa confessar
alguma coisa sobre mim

Quando acontece um grande amor
assim como você e eu
o tempo passa por nós dois
não lembro o que aconteceu

Eu...queria tanto encontrar
Uma pessoa como eu
A quem eu possa confessar
alguma coisa sobre mim

Mas nem por isso vou ficar
a questionar os erros meus
Você precisa procurar
Achar o que você perdeu

Eu...queria tanto encontrar
Uma pessoa como eu
A quem eu possa confessar
alguma coisa sobre mim
Pato Fu : Eita músicas que disseram tudo e mais um pouco e que essa em especial escuto sempre minha irmã cantando pela casa!
P.S.: a gente vai encontrar...

"Tudo é uma questão de manter
A mente quieta,
A espinha ereta
E o coração tranqüilo "

3 comentários:

divã-loira disse...

Hhahuauha, será meu mantra diário então...
mente quieta
espinha ereta e
coração traqnuilo... (acho que é a parte mais difícil)


Bjus
=)

Cris disse...

Oi menina!
Passei para deixar um beijo p vc.
Cris.

Morena disse...

Ah o coração...

:)

Beijos

Morena