20 de dez de 2007

Minha irmã.


A J. é aquela que quando eu estou distraída me vem com uma frase ou uma atitude que me faz sentir orgulho por te-lá como minha irmã...
Não é aquela que fala pelos cotovelos, mas sua presença é notável....sempre!
Às vezes o circo pega fogo entre a gente, mas o não falar com ela, me faz perceber o quão importante ela é pra mim....
Sei que piso na bola, esqueço coisas, mas pode ter certeza que tudo que peço a Deus pra mim...peço pra ti também!
Ela é aquela que nunca fez nada daquilo que eu vejo as outras irmãs fazendo e que deixa a gente com receio, com vergonha....pensando “Puts, q mico”.
Nunca me usou ou me levou em algum lugar pra depois me deixar de lado....
Minha irmã é de um coração que não sei de onde veio...
Quanto aos seus amores: Ah! Como em tudo na sua vida , não será qualquer coisa, qualquer Zé Mané....Será especial!
Mas tratando de pessoas especiais, espécie rara e camuflada, tu tens um trabalhinho: Mostre-se, deixe-se notar...
O sortudo que irá passar a vida ao lado dela...esse há de ter um lindo coração, pois acredito que os dispostos e iguais se atraem...!
Uma vez ouvi em algum lugar que o laço mais profundo que temos que devemos cultivar é o fraterno, pois esse será o único que restará quando nossos pais não mais aqui estiverem....

E eu quero e muito rir com você, saber de você, te ajudar, paquerar com você, ser sua madrinha de casamento(please), de seus filhos, e ligar pra você no meio do dia pra pedir tua opinião....sobre qualquer assunto....Ou até mesmo te torrar a paciência!

2 comentários:

Pedro Gabriel disse...

Olá olá,
Cris muito obrigado por ter passado no meu blog. faz tempo que não posto o que escrevo - achava que ninguém ia ler. Mas agora que vejo que ainda existem pessoas que aparecem por lá, vou continuar postando.

;-)
grande beijo !

_zing disse...

Oi!
Recebi o post, escrito em um passado não tão remoto, mas já a algum tempo. É que eu andava meio perdido, ainda não consegui me encontrar. Pior que já olhei na prateleira empoeirada e no baú de badulaques da vovó, mas ainda nada...
Bem, muito obrigado pelo post! :o)

bjs.